Home / Pedras nos rins

Pedras nos rins

Os rins são os órgãos responsáveis pela filtração das impurezas do sangue. Eles eliminam o que não é aproveitado pelo corpo através da urina, enviando-a para a bexiga por meio de dois finos canais, os ureteres. Os cálculos renais são a doença benigna mais importante que acomete os rins, popularmente conhecida como pedras nos rins.

Quais são as causas da formação de cálculos?

Fatores genéticos, alimentação, infecções, problemas de metabolismo dos rins e alterações anatômicas estão entre os principais causadores da doença.  Na maioria das vezes, é a soma de alguns desses fatores que leva à produção de cálculos.

Quais são os sintomas da doença?

Os cálculos geralmente provocam dores. Quando há obstrução da passagem de urina, com dilatação do rim, a dor tende a aparecer de maneira súbita e com alta intensidade, quadro conhecido como cólica renal. Essa dor pode gerar episódios de náuseas e vômito. Se houver febre associada, é indispensável uma avaliação médica imediata.

Vale destacar, porém, que muitos cálculos não causam dor, por isso os exames de prevenção são tão importantes.

SAIBA MAIS:

A definição do tratamento para os cálculos renais depende da possibilidade de controle da dor com medicações, sinais de infecção, tamanho do cálculo e da sua localização. As opções vão desde tratamento clínico a cirurgias endoscópicas (sem corte) ou cirurgias com pequenos cortes (videolaparoscópicas ou percutâneas). É importante que o paciente saiba sobre as particularidades de seu caso e participe da definição do tratamento junto com seu médico.

Em algumas cirurgias é necessário o uso de cateter Duplo J, um fino canudo de poliuretano ou silicone que protege o rim e mantém o fluxo de urina no pós-operatório. Esse cateter fica totalmente dentro do corpo por um período que varia de uma a quatro semanas, dependendo de cada caso. Em geral, ele não gera incômodo ao paciente, mas algumas pessoas podem apresentar sensação de queimação e sangramento ao urinar. Não há contraindicação de medicamentos ou atividades durante o uso do cateter e sua retirada é um procedimento rápido e tranquilo.

É importante que pacientes que já tiveram cálculo renal façam acompanhamento de rotina com um urologista para prevenção de novos episódios.

Agendar sua Consulta

luciana.saboya@misclinica.com

Entre em Contato

Segunda à sexta, das 08h às 20h

Ou, envie um e-mail luciana.saboya@misclinica.com

Onde estamos R. Peixoto Gomide, 515 conjunto 135, Bela Vista, SP

Como Chegar